Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Notícias

Newsletter

TJDFT: Juizado Itinerante lança vídeo em comemoração aos 20 anos de funcionamento

Nesta terça-feira, 16/4, o Juizado Itinerante do TJDFT celebra 20 anos de funcionamento com o lançamento de um vídeo explicativo sobre o serviço, as demandas podem ser resolvidas, os documentos necessários e quem pode utilizá-lo. Clique aqui para assistir. Criado inicialmente para atender as regiões onde ainda não há Fórum de Justiça instalado, hoje, o ônibus do Itinerante atende também localidades com grande fluxo de pessoas, visando ampliar seu objetivo de levar a Justiça até o cidadão. Nesta terça-feira, por exemplo, prestará atendimento na Rodoviária do Plano Piloto, na Plataforma Superior - no estacionamento entre a Rodoviária e o Conjunto Nacional, das 14h às 18h. Ao longo desses 20 anos, foram distribuídos 32.491 processos físicos e, desde a implantação do sistema PJe, já tramitaram quase 2.800 processos eletrônicos, dos quais 1.587 apenas em 2017.  Na data do seu aniversário, a juíza Junia Souza Antunes, atualmente à frente do Juizado Itinerante do TJDFT, responde as 10 perguntas mais frequentes sobre o serviço:    1 - O que é Juizado Itinerante?  Consiste na utilização de um ônibus, com adequações, que se desloca até as localidades predefinidas e presta atendimento rápido, fácil e gratuito à população do Distrito Federal que deseja dar início a um processo judicial, exclusivamente na área cível.   2 - O que pode ser resolvido no ônibus do Juizado Itinerante? Ações de cobranças; despejo para uso próprio; prejuízos decorrentes de acidente de trânsito; contratos; problemas com bancos privados; relação de consumo; indenização por inclusão indevida no SPC e na SERASA; outros prejuízos (de ordem material e/ou moral), etc.   3 - O que não pode? Causas trabalhistas; causas envolvendo questões de família; reclamações contra o Estado (Distrito Federal, autarquias e empresas públicas); ações envolvendo crianças e adolescentes; heranças; falências; e causas criminais.   4 - Quem pode usar esse serviço? Pessoas físicas capazes, pessoas enquadradas como microempreendedores inpiduais e microempresas.   5 - Qual a frequência que o ônibus vai para as localidades? Os atendimentos ocorrem de segunda a sexta-feira, em localidades predefinidas. Acesse o site do TJDFT para acompanhar: https://www.tjdft.jus.br/informacoes/juizados-especiais/saiba-sobre/juizado-itinerante   6 - Quais os documentos preciso levar? Para iniciar o processo, não podem faltar os documentos pessoais (CPF, Identidade) e comprovante de residência.   7 - Preciso ter processo no TJDFT? Não.   8 - Preciso ter advogado? Inicialmente, nas causas de valor até vinte salários mínimos, é dispensada a assistência por advogado. Nas de valor superior, a assistência é obrigatória. Destaque-se que o limite de alçada para os juizado estaduais é de 40 salários mínimos.   9 - Como que é realizado o atendimento? No primeiro contato, o problema é relatado à equipe que elabora a petição inicial, distribui a ação e designa Audiência de Conciliação, Instrução e Julgamento a ser realizada no mesmo local do atendimento.   10 - O serviço é gratuito? O procedimento é totalmente gratuito, inclusive o cumprimento de sentença, desde que não haja recurso inominado contra a sentença.   - SOS Justiça Nos dias 12 e 13/4, o ônibus do Juizado Itinerante do TJDFT participou do Projeto SOS – DF Justiça, no Paranoá. O objetivo do evento, promovido pelo GDF, foi facilitar o acesso do cidadão aos serviços públicos, de forma integrada e unificada, ampliando os canais de comunicação entre o Estado e o cidadão.   Juizado Itinerante, o Judiciário ao alcance de todos. Atendimento rápido, fácil e gratuito à população do Distrito Federal!  
16/04/2019 (00:00)
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia